"Fiquei petrificada" Angélica expõe pela primeira vez que sofreu violência sexual

Foto: Reprodução/Internet

A apresentadora Angélica falou pela primeira vez sobre um episódio de violência sexual que sofreu quando tinha 15 anos. A artista contou que estava em Paris, na França, fazendo uma sessão de fotos para divulgar o hit Vou de Táxi quando foi violentada. Enquanto realizava uma sessão de fotos na rua, um grupo de jovens franceses se aproximaram e perguntaram quem ela era e as pessoas que estavam no local explicaram que Angélica era uma apresentadora brasileira. 

O fotógrafo falou para eles ficarem do meu lado para fazer umas fotos. Estava atrás de um táxi amarelo e vieram todos aqueles meninos para perto de mim. Quando o fotógrafo falou que éramos do Brasil, eles foram chegando perto e ficaram se esfregando em mim. Você fica meio sem reação. Um dos meninos, não sei qual porque fiquei parada, ficou passando a mão na minha bunda, em mim inteira. Eu estava atrás de um táxi, ninguém estava vendo e não fiz nada, fiquei petrificada”. disse Angélica em entrevista ao canal do YouTubeMina Bem Estar” da Luciana Temer.


Angélica lamentou o fato de não ter conseguido reagir e explicou que, além de ser muito nova, estava em outro país e não conseguia entender o que os franceses falavam. Em um vídeo publicado no instagramAngélica falou que esse tipo de violência é muito comum e, sabendo o quanto é difícil tocar nesse assunto, ela decidiu compartilhar esse relato pessoal. O intuito é incentivar outras mulheres a quebrarem o silêncio e expor casos semelhantes. “Não é no sentido de se expor ou polemizar esse assunto, é de estarmos juntas em uma luta”, explicou. “Até hoje me pergunto o motivo de ter ficado tanto tempo em silêncio, minimizando uma dor terrível. Hoje, com meu amadurecimento, consegui ter voz e forças para relatar sobre o ocorrido.

Confira o vídeo:


Postar um comentário

comente esta publicação:

To Top