Países homofóbicos podem perder a Copa do Mundo;

Países homofóbicos podem perder a Copa do Mundo;

A Rússia e o Catar podem perder a Copa do Mundo se forem comprovadas corrupção durante a escolha de ambos os países como sede do torneio de futebol em 2018 e 2022, respectivamente.

A entidade máxima do esporte – a Fifa – vive um escândalo sem precedentes com vários de seus dirigentes presos. A Copa da África do Sul, em 2010, por exemplo, é investigada porque há denúncia de que o país comprou o direito de sediar o torneio.

Tanto a Rússia quanto o Catar tem leis homofóbicas. Se ficarem comprovados que ambos os países também ofereceram dinheiro para sediar o evento, as duas próximas Copas devem ir para Inglaterra e Austrália.

Postar um comentário

comente esta publicação:

Subir